• Autora

    Pós-Graduando em Especialização em Informática – Ênfase Análise de Sistemas pela UFMG, Bacharel em Sistemas de Informação (2006) pela Faculdades Pitágoras (Campus Fadom), técnica em Informática (2002) e em Contabilidade (1998). Atualmente Analista de Suporte Júnior III.

  • Direitos Autorais

    Alguns dos materiais (artigos, pdf’s, link’s) disponíveis ou utilizados na edição desse Blog, foram retirados de páginas da internet. Se acaso, algum desses itens for protegido por direitos autorais, queira o detentor do mesmo, me comunicar por email e o material será imediatamente retirado ou darei os devidos créditos!
  • Categorias

  • Arquivos

  • Análise de Sistemas

    • 14,496 hits

Necessidade de integração dos mundos dos Dados, da Informação, do Conhecimento e do Saber

O uso adequado dos computadores, numa certa realidade, passa necessariamente pela integração dos mundos dos dados, da informação, do conhecimento e do saber.

Como utilizá-lo adequadamente?

O computador é um simples processador de dados, transformando-os de certo formato para outro, de forma a facilitar obtenção informação pelas pessoas. A informação é obtida através dos dados de acordo com os conhecimentos existentes, podendo ampliar o saber das pessoas sobre algum assunto.

Diferença entre Dados e Informação

Dados: Conjunto de caracteres (símbolos, sinais), que de acordo com um alfabeto específico, permite a representação de certa informação à cerca do mundo real. Uma característica básica de dados é que eles são sempre registrados num meio físico.

Um conjunto de dados será interpretado se já dispuser de algum conhecimento sobre o mesmo. Essa interpretação corresponde à obtenção de informação e ela por sua vez cria novos conhecimentos (nenhum conhecimento é obtido no vazio, sempre é a partir de algum conhecimento existente previamente).

Informação: É a interpretação semântica de fenômenos ocorridos, mensagens ou dados, que corresponde ao crescimento marginal do conhecimento de uma pessoal à cerca do mundo real.

Conhecimento: Modelo da realidade que a mente humana dispõe, construído através de experiência, aprendizado e comunicação.

Não se pode confundir conhecimento com memória, esta corresponderia ao conhecimento inerte, usado para tarefas específicas, mais operacionais.

O conhecimento pleno pressupõe, além da memória, o entendimento (conhecimento ativo), com o qual a pessoa consegue criar novos conhecimentos a partir do existente, fazendo ligações com o mundo exterior. Na medida em que uma pessoa adquire e usa conhecimento, ela pode avaliar o seu entendimento na realidade, tornando-se capaz de reconhecer se possui conhecimento completo sobre certo assunto, se o mesmo é certo ou errado, bom ou ruim, se pode ser ou não usado em certas situações. Neste caso, pode-se afirmar que a pessoa passou do mundo do conhecimento, para o mundo do saber.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: