• Autora

    Pós-Graduando em Especialização em Informática – Ênfase Análise de Sistemas pela UFMG, Bacharel em Sistemas de Informação (2006) pela Faculdades Pitágoras (Campus Fadom), técnica em Informática (2002) e em Contabilidade (1998). Atualmente Analista de Suporte Júnior III.

  • Direitos Autorais

    Alguns dos materiais (artigos, pdf’s, link’s) disponíveis ou utilizados na edição desse Blog, foram retirados de páginas da internet. Se acaso, algum desses itens for protegido por direitos autorais, queira o detentor do mesmo, me comunicar por email e o material será imediatamente retirado ou darei os devidos créditos!
  • Categorias

  • Arquivos

  • Análise de Sistemas

    • 14,326 hits

Engenharia de Software

O uso do processo para chegar a um produto

Conceitos

Em nosso contexto definimos:

Processo –  sentido de seguimento de curso, maneira de operar e método.

Produto – resultado ou coisa produzida.

Segundo o Wikipédia Engenharia de Software pode ser entendido como as tecnologias e práticas usadas para criar software para computadores melhorando a produtividade e qualidade.

Em seu contexto Engenharia envolve a criação, construção, análise, desenvolvimento e manutenção.

Assim temos: Engenharia de Software é a “criação e a utilização de sólidos princípios de engenharia a fim de obter software de maneira econômica, que seja confiável e que trabalhe eficientemente em máquinas reais.“[Fritz Bauer].

Sendo um conjunto de: linguagens de programação, bases de dados, ferramentas, plataformas, bibliotecas, padrões e processos.

Evolução da Engenharia de Sw

Wasserman (1996) cita uma série de fatores que têm influenciado a

disciplina de Engenharia de Software (ES) desde a década de 70:

• Produtos comerciais vêm exigindo a entrega de produtos em um

tempo cada vez mais crítico;

• As mudanças na economia da computação (redução dos custos

de hardware e aumento nos custos de desenvolvimento e

manutenção);

• Disponibilidade computação em desktops e computação móvel;

• Aumento das redes locais e remotas;

• Disponibilidade e adoção da tecnologia orientada a objetos;

• Uso de interfaces gráficas;

• Imprevisibilidade do modelo de desenvolvimento de software em

• cascata.

Tudo isso fez com que a ES se adaptasse para acompanhar tais mudanças.

A Engenharia de Sw é uma disciplina que envolve:

• Abstração

• Métodos e notações de análise e projeto

• Protótipo da interface com o usuário

• Arquitetura de software

• Processo de software

• Reuso

• Medição

• Ferramentas e ambientes integrados

Destacamos aqui Arquitetura de software, o processo de software e as ferramentas e ambientes integrados.

Veremos também:

• Processos de software

• Requisitos do processo

• Desenho do processo

• Implementação do processo

• Utilização do processo

Processo – conjunto de passos parcialmente ordenados, sendo: atividades, métodos, práticas e transformações, usadas para atingir uma meta que vem a ser um ou mais resultados concretos finais: os produtos do processo.

Um processo bem definido tem uma documentação que a detalha:

• o que é feito (produto);

• quando (passos);

• por quem (agentes);

• as coisas que usa (insumos);

• as coisas que produz (resultados).

Processo Unificado

Como exemplo de um processo bem definido é o Processo Unificado (Unified

Process-UP) proposto pelos autores da UML ( Guedes, 2004 ). Ele tem uma estrutura matricial que relaciona fases e fluxos e tem como características centrais segundo seus autores:

• dirigido por casos de uso;

• centrado na arquitetura;

• iterativo e incremental;

• referência industrial de fato;

• plataforma abstrata de processos

Exemplos de Processos Unificados

RUP/EUP

O UP tem pelo menos duas concretizações mais conhecidas: O Rational

Unified Process (RUP) e o Enterprise Unified process ( EUP). O processo

Unificado define quatro fases no projeto:

• Concepção

• Elaboração

• Construção

• Transiição

Já o EUP adiciona duas fases adicionais

• Produção

• Cancelamento

PRAXIS

O é um processo para Aplicativos Extensíveis Interativos (Paula Filho, 2009). O PRAXIS é um processo de desenvolvimento de software com foco educacional e orientado a objetos, baseado em paradigmas de grande difusão: UML,

CMM, XP e IEEE software standards. O Praxis adota uma nomeclatura comum em toda a proposta:

Fase Divisão maior de um processo, para fins gerenciais, que corresponde aos pontos principais de aceitação por parte do cliente.
Iteração Passo constituinte de uma fase, no qual se atinge um conjunto bem definido de metas parciais de um projeto.
Script Conjunto de instruções que define como uma iteração deve ser executada.
Fluxo Subprocesso caracterizado por um tema técnico ou gerencial.
Subfluxo Conjunto de atividades mais estreitamente correlatas, que faz parte de um fluxo maior.
Atividade Passo constituinte de um fluxo.
Técnica Método ou prática aplicável à execução de um fluxo.
Artefato = produto Os artefatos podem ser documentos ou modelos, conforme seus consumidores primários sejam humanos ou ferramentas.

Um modelo é um artefato de uma ferramenta técnica específica

(como uma ferramenta CASE, por exemplo), produzido e usado nas atividades de um dos fluxos do processo. Já um documento é um artefato produzido por um editor de

textos, de relatórios ou de hipertexto, que pode ser consultado on-line ou em forma impressa, para fins de referência ou revisão. Um artefato é em essência um produto.

Elementos do Praxis

Processo – conjunto ordenado de fases que é composto de um conjunto ordenado de iterações.

Também constituído por um conjunto de fluxos que, por sua vez, é constituído de um conjunto parcialmente ordenado de atividades. Um fluxo pode ser constituído de um conjunto de sub-fluxos.

Elementos do Praxis

Script conjunto de atividades que devem ser executadas para se produzir um ou mais artefatos, bem como um conjunto de critérios para serem usados na validação do(s) artefato(s).

Elementos do Script do Praxi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: